sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Um inverno para não se esquecer no Rio

Os primeiros 40 dias do inverno foram de arrepiar no Rio. Impulsionada pelas manifestações no fim do outono, a estação começou com a "temperatura" lá em cima. Os protestos se voltaram contra o governador Sergio Cabral e se tornaram rotinas no Centro e, sobretudo, na Zona Sul. O cenário esquentou com a Copa das Confederações, que trouxe a atenção da mídia internacional. A vitória da Seleção Brasileira, embalada por um hino cantado a plenos pulmões, foi histórica em um Maracanã rejuvenescido. Na sequência, o papa Francisco e a Jornada Mundial da Juventude levaram 3,7 milhões de pessoas à missa final, o maior evento já realizado no País. Foi mesmo de arrepiar. O som que vem das ruas, no instrumento de Will Violino, em apresentação no Largo da Carioca, serve como trilha para este vídeo de 2 minutos e 46 segundos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Brigadeiro que inspirou doce morreu solteiro aos 84 anos

Eleição de 2 de dezembro de 1945: as mulheres vão votar pela primeira vez para presidente no Brasil. E um candidato as fazem suspirar: ...