quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Repórter virou general na Ditadura

A situação virou piada entre jornalistas. Em 1969, Bartolomeu Brito, então repórter do Jornal do Brasil, foi recebido como general em um quartel do Exército, logo depois da explosão de um paiol. Era plena Ditadura. Os militares acreditaram que aquele sujeito de terno verde e óculos escuros fosse a 'autoridade' que esperavam. Bartô não entendeu nada. Ele mesmo conta como tudo aconteceu. Veja no vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O vampiro de Čelákovice: uma história arqueológica real

A descoberta do esqueleto de um suposto vampiro, enterrado de uma forma que não pudesse voltar das trevas, segundo a crença, fez uma pequena...